quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Quem planta quiabo não pode colher uvas!

Hoje estou meio jururu, chateada com as atitudes de algumas pessoas. Não só por coisas que me afetam diretamente, mas também por acompanhar os momentos difíceis pelos quais passam pessoas muito importantes pra mim, por razões semelhantes.



Não sei se sou muito ingênua, apesar da minha idade, mas o fato é que indiferença e falta de reciprocidade são coisas que me machucam. 


Amizade verdadeira exige investimento e, sobretudo, respeito. Não dá pra ser amigo só quando não há nada melhor pra fazer ou ninguém mais conveniente pra se relacionar. 


Querer bem implica em preservar, dar valor, estar por perto, prestar atenção. Hoje em dia não há distância física que justifique um sumiço. Há diversas formas de mostrar interesse, seja por e-mail, telefonema, carta, sinal de fumaça, enfim, quem quer sempre consegue se fazer presente.


Ao longo da minha vida conquistei excelentes amigos, que me acompanham até hoje, chova ou faça sol. Não é um mundão de gente, até porque não acredito que alguém possa ter dezenas de amigos pra valer. Mas são pessoas que estão sempre próximas, que não se lembram de mim só quando precisam choramingar ou porque eu tenha algo interessante pra oferecer num determinado momento. E é justamente por isso que algumas pessoas ainda conseguem me surpreender de forma tão negativa. Porque simplesmente não estão nem aí, pouco se importam com o que vai pensar ou sentir quem foi largado num canto qualquer, em detrimento de outros interesses. 


Mas é assim mesmo, a vida da gente é feita de escolhas. É importante assumir a responsabilidade por tudo que nos acontece. Tudo mesmo, de bom ou ruim. 


Se estou vivendo uma fase ruim, seja pelo motivo que for, melhor que lamentar é tratar de me lembrar do que andei plantando. Nada acontece por acaso. De safras ruins é que a gente tira o aprendizado necessário pra plantar novas sementes e conseguir uma boa colheita. Esta é a única saída, não adianta plantar quiabo e querer colher uvas, né?!

18 comentários:

  1. O que mais me aborrece é aqueles que eu julgava amigos não conseguirem tempo para fazer um telefonema, alguns sabendo até que não estava numa fase boa; esses claro passaram de AMIGOS a amigos. É uma decepção quando isso acontece, mas mudo-os de lista e fico muito melhor; eu agora classifico-os em AMIGOS, amigos e conhecidos; dificilmente digo; aquele é meu amigo, mas sim, aquele é um conhecido meu: amigos tenho um número razoável, AMIGOS devo ter uns 6 e conhecidos um montão; acho que é assim com todos; AMIGOS são poucos; não interessa que sejam muitos, mas importa que sejam BONS.Um beijinho amiga e até breve

    Emília

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Tânia. Essa postagem me fez refletir muito sobre o que ando plantando na minha vida, realmente não estou priorizando e cuidando das minhas amizades como devo, sempre tenho uma desculpa, falta de tempo,distância e outras,vivendo nesta correria sem lembrar de pessoas tão importantes pra mim, que realmente me fazem feliz. Obrigada!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. "Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
    Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
    Amigo a gente sente!"
    (Machado de Assis)

    ResponderExcluir
  4. Tânia,
    Bom dia!
    Obrigado por sua visita ao meu blog, pelas palavras carinhosas, e o Emilio Santiago é mesmo uma bela voz. O Net King Cole também tinha essa facilidade para cantar, a voz suave, harmoniosa, encantando os ANOS DOURADOS.
    As amizades sofrem essas correrias de hoje, mas sempre resistem e aparecem. Já morei em SAMPA 5 anos, fiz ótimas e inesquecíveis amizades, vivi bem a alma dessa imensa cidade, Rio e Sampa se completam. Estaremos em contato, coloquei seu blog em "acompanhar". Soube que o sol brilhou por ai, deve estar chegando por aqui também. bjs/ney.

    ResponderExcluir
  5. Estou de acordo com o que você escreveu, Tania. Podemos escolher o que plantar, mas somos obrigados a colher do que plantamos. Por isso, a escolha que os amigos negligentes fazem também terá consequências mais tarde. A lei do retorno é infalível. Seu blog é excelente, parabéns. Abraço!

    ResponderExcluir
  6. EMÍLIA: é mesmo bem decepcionante não poder contar com alguém em quem confiamos quando estamos num mau momento ou, simplesmente, pra dividir alegrias. Um dia certamente também terei a serenidade necessária pra entender que as relações humanas são assim mesmo. Mas não desanimo, porque sei que também posso contar com amigos geniais, que estão sempre por perto. Vivendo e aprendendo, né? Sempre!

    HELENA: Puxa, legal saber que meu texto te fez refletir. É isso aí, trate de se fazer presente. A vida me ensinou que deixar pra depois a atenção que alguém precisa (e merece) receber agora pode ser tarde demais. De alguma forma, a gente sempre perde bastante com isso.

    LILIAN: Linda a citação de Machado de Assis. Concordo plenamente. Amizade só vale a pena quando envolve um sentimento verdadeiro e incondicional. Aquele que só aparece quando interessa não é amigo coisa nenhuma, é vampiro emocional, isso sim.

    NEY: Também fiquei muito feliz com sua chegadinha aqui. Ah, esses anos dourados nunca deixaram de ser fundamentais no cenário musical, não acha? Um bom exemplo é a bossa nova, sempre presente. Tem toda razão, Rio e Sampa se completam. Aliás, nem sei de onde saiu a famosa rivalidade entre paulistas e cariocas. Sou uma paulista que adora o Rio! Acho tudo lindo, desde a cidade, que é maravilhosa de verdade, até o jeitinho carioca de falar. Se o sol brilhou aqui hoje? Hum... Deu as carinhas rapidinho e se mandou. São Pedro não colabora, saco! kkkk!!!! Conte com minha visita frequente no seu blog também, tá?

    MILTON: legal saber que gostou do conteúdo que apresento aqui. Pois é, também acredito na tal "lei do retorno". Acho que isso é até uma questão de lógica, nada tem a ver com idealismos espitituais. Ao agir mal ou de forma negligente, a gente deixa de conquistar coisas importantes e isso, com certeza, um dia fará falta. Nosso destino invariavelmente é traçado por nós mesmos.

    BEIJOCAS!!!

    ResponderExcluir
  7. Quem nunca teve um amigo da onça que atire o primeiro sapato. Mas é muito pior não ter ninguém, pense nisso. Veja o caso do criador desse famoso personagem da década de 40, o amigo da onça. Péricles de Andrade Maranhão, morreu de forma trágica, em 31/12/1961, quando fechou as portas do seu apartamento e ligou o gás. Deixou dois bilhetes, onde reclamava de solidão. Ainda teve a preocupação de provar que ele próprio não era um amigo da onça e antes de cometer o suicídio colocou um aviso na porta: "Não risquem fósforos". Gente vem, gente vai. Mas a vida é bela.

    ResponderExcluir
  8. Oi Tânia, valeu o desabafo, acho que todos nós passamos por isto, mas mesmo assim vale a pena conhecer novas pessoas e tentar virar amigo de verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Há muito tempo atrás meu pai disse-me uma frase que esqueço jamais.
    "Meu filho em sua vida toda vc terá amigos que poderá contar com os dedos de uma só mão e aindaa sobrarão dedos".

    ResponderExcluir
  10. Aprenda a ser má! Simples assim. Má. Sangue ruim. Sabe o que significa ser ruim? Ser egoísta? Primeiro você, depois você, depois e depois e só depois...vou pensar no assunto prá ver se vem alguém. Pensa que isso te isola??? Jamé! Aí é que te respeitam e admiram. Não é verdade que a gente PRECISA das pessoas! A gente precisa de ar, água, comida, teto. O resto é bônus. E nem vem com nhem nhem de que nenhum homem é uma ilha. Quem você levaria REALMENTE p/ uma ilha deserta já ESTÁ na tua ilha. O resto é só vaidade. Fique bem!!! Juro que a história do JR não dói mais. Prá mim é surpreendente!

    ResponderExcluir
  11. "e-mail, telefonema, carta, sinal de fumaça..." Hahahaha, incrível, eu sempre digo isso!
    Sabe, adorei seus textos, até pq, preconceituosamente acho que gente da minha idade não costuma ser mto inteligente! :P
    A gente tem de se gostar, e gostar dos outros não só superficialmente, afinal creio singularidade e individualismo serem coisas diferentes.
    Parabéns pelo blog! Voltarei mais vezes.

    :*

    ResponderExcluir
  12. Oi Tânia,

    Passa lá no blog...tem uma indicação pra você.

    Beijos e uma excelente semana!

    ResponderExcluir
  13. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  14. JACK: Só você mesmo pra desenterrar o Amigo da Onça! kkkkkk!!!! Caramba, o Péricles resolver se matar bem no dia do meu aniversário... Isso porque não era o aniversário dele. Se fosse, aí sim é que o cara se matava com razão. Ô dia infernal pra se fazer festinha individual!... Simplesmente não rola. Quanto à mensagem que quis me transmitir com esse comentário, de fato a solidão chega mesmo a ser mais dolorosa que a indiferença. Ou será que não?... Ah, sei lá, tá? Hoje fiz escova e se eu pensar muito, minha cabeça vai doer! kkkkk!!!!

    WANDERLEY: Ah, sem dúvida! O negócio é botar a fila pra andar, né? Quem não nos valoriza, não merece nosso sofrimento, menos ainda nossa estagnação. Bora, seguir em frente!

    MARINHEIRO: Santa sabedoria paterna! É verdade, também acredito que ao longo da vida a gente nunca terá tantos amigos verdadeiros de fato. Acho engraçadas as pessoas que dizem ter centenas de amigos. Ficarão iludidas até o dia em que cairem do burrico, né? Pior é que esse dia chega, ah chega!....

    ROSE: Tenho que aprender a ser má? Ô, ma nem! Concordo totalmente. Há momentos em que o egoísmo não é apenas necessário, chega a ser uma questão de sobrevivência. É verdade, quem eu levaria pra uma ilha deserta já está lá. Mas posso botar mais gente? Te levo também, tá? Ahhhh... Não fui um docinho de coco agora?... kkkkk!!!!!

    KLAUS: Empatamos, porque também adorei seu blog. Ah, sem essa! Conheço um montão de gente da sua idade que é bem inteligente sim. Assim como também conheço outro montão da minha que é bem burraldo. Você tem razão, quando a gente se gosta em primeiríssimo lugar, certamente está inteiro pra gostar decentemente do outro. É isso aí!

    PATI: Você é uma fofura! Puxa, fiquei muito feliz com sua indicação pro selo, viu? É uma bela turbinada pra eu continuar melhorando bastante aqui. Valeu demais!

    DARIO: Também te agradeço demais por considerar que meu blog merece figurar entre os melhores do Brasil. Recebo esse selo com muito orgulho e ainda mais motivada pra dar continuidade por aqui.

    BEIJOCAS!!!!

    ResponderExcluir
  15. Até vou com você prá ilha , docinho, rsrsrs mas só se você se livrar desses 'amigos' abjetos e traíras que orbitam seu mundo. bjinho

    ResponderExcluir
  16. Antigamente eu achava que tinha vários amigos, mas aí descobrir que amigo é que nem beijo, só sabemos quando é bom quando experimentamos. Quer saber quem é teu amigo? Passa por dificuldades. A traição e a indiferença são coisas que me destroem profundamente. Seu texto, Tânia, - ótimo assim como as demais coisas que vc escreve - me fez lembrar de uma frase que li há algum tempo no Pequeno Príncipe: "tu serás eternamente responsável por aquilo que cultivas"

    To te seguindo.

    ResponderExcluir
  17. Minha querida amiga, que bom ter te reencontrado, sou uma dessas suas amigas que poderá contar pra sempre, agora cuidado desde que nos encontramos não nos largamos mais e será assim por varias encarnações!!!
    te adoro!!

    ResponderExcluir
  18. AMIGO É UMA COISA TOTAL DIFICIL DE SE ACHAR NO MUNDO DE HOJE SERIA MELHOR VC CLASSIFICALOS COMO COLEGAS POR QUE AMIGO QUE É AMIGO NUNCA NUS DEIXA SÓ SEMPRE QUANDO OS OUTROS SE VAO ELE ESTA ALI O AMIGO INCAPAZ DE NOS DEIXAR MESMO É AQUELE LA DI CIMA NO QUAL SO NOS LEMBRAMOS DELE QUANDO ESTAMOS EM AR PUROS OU NO SUFOCO....BJS BOA SORTE..

    ResponderExcluir