quinta-feira, 18 de junho de 2009

Gatão sem noção

Ufa!... Finalmente de volta, depois de um curto e delicioso verão fora de hora. Queria mais, sempre acho que pra diversão o tempo é muito curto. Mas, tudo bem. Foi o suficiente pra colocar as idéias um tantinho mais em ordem e afiar a língua, que está tinindo! A retomada da rotina incluiu minhas idas à dentista, que desrespeitando completamente minha impossibilidade de gargalhar naquele instante de martírio, me contou sobre um paciente que resolveu dar em cima dela. Bom, normal. Transar com a dentista deve fazer parte do imaginário masculino, até aí, tudo certo. Mesmo sendo um homem comprometido e beeeeeeem mais velho... Tão mais velho, que não lhe restou um único fio colorido na cabeça. E a carinha, então? Mais amarrotada que crepe chiffon, lavado com sabão em pedra e sem amaciante. Tá legal, e daí? O homem não pode fantasiar só porque o prazo de validade venceu? Poderia, se não ultrapassasse o limite da sanidade mental... Depois de algumas investidas fracassadas, a criatura resolveu radicalizar, queria arrebatar o coração da moça a todo custo. Num belo dia, aperta a campainha do consultório e, ao ser atendido, com cara de gatão, sem dó nem piedade, manda: "Que tal?!?". Choque de 500 mil volts... O HOMEM ESTAVA DE CABELO ACAJU!!!!! "Naturalíssimo", inclusive, pra quem tem a pele quase negra como a dele. As reluzentes e dramáticas labaredas na cabeça do jovial paciente foram um soco certeiro no estômago da minha querida dentista, que ficou por vários instantes com a boca mais aberta que a turma que ela atende. Bem feito! Quem manda ser mais sádica que o Freddy Kruger? Todo dentista merece castigo. Bom... Mas esse foi demais, né? Me coloquei no lugar dela e fiquei imaginando o que diria pro conquistador barato. Pior, como atenderia o homem, olhando pra aquelas madeixas laranjonas, mais acesas que sinalizador de navio? Olha, não sou nada contra homens que gostam de se cuidar, muito pelo contrário. Mas faça-me um favor, né? Há coisas, na minha humilde opinião, que são melhores se ficarem como estão. Homem grisalho? Ótimo, por que não? Afinal fazem o maior sucesso no cinema e na TV. Que mulher não baba pelo George Clooney? E o que dizer do Sean Connery, então? Homem charmosíssimo, na casa dos 70, grisalho e, de lambuja, calvo também. Aliás, peruca é outra coisa que considero imperdoável pra homens. Tá, preciso ser sincera, não é dos carecas que elas gostam mais, só que encarar um Ivon Cury é dose, né? Aí os politicamente corretos retrucarão: gosto não se discute. Mais ou menos, a coisa não é tão simples... Acho que gosto deve ser discutido sim e, mais que isso, deve ser desenvolvido, treinado, aperfeiçoado. Aprendido, enfim. É legal formar um senso crítico que permita estar atento a tudo, ter uma sensibilidade mais apurada. Envelhecer é um peso grande para se carregar, sem dúvida. Mas com esforço, inteligência e criatividade, todas as fases da vida têm sua beleza e podem ser cativantes. Sarcasticamente, dizem por aí que mulher não envelhece, fica loira. Acabei de concluir que homem também não envelhece, fica ruivo! Todos com carinha de Didi Mocó Sonrizal Colesterol. Ô pisite, assim não dá!!!

8 comentários:

  1. Demorou, mas voltou com tudo. Hahahaha! Este post está genial, coitada da sua dentista. Eu tbém acho que o problema não é o homem ser velho, o que pega é que é muito sem noção. Amei! Hahahaha!

    ResponderExcluir
  2. Eu também acho que o problema nem é ser tiozinho, porque tem homem maduro que dá um belo caldo em muito garotão. Mas vamos combinar que cabelo acaju é o fim, né?

    ResponderExcluir
  3. Olá! Resolveu tirar a poeira daqui?
    Tava meio abandonado, né??? rsrsrsrs.
    Labaredas na cabeça foi o máximo!!! kckckckckck. Pela bela ilustração que você fez nota-se o contraste da roupinha branca dela com a fartura de vitamina C (de Capilar) na cabeça do figurão!!!
    Se ele mandou ver no acajú, ela poderá esperar coisas piores... vai que ele resolve pegar a paleta de cores do Corel? Nesse caso, seria melhor ficar na escala cinza, como os atores referidos. A não ser que, no lugar de massa cinzenta, a massa dele é "acajuzenta"!!!
    Fico por aqui, desejando a você e a todos os seus leitores um final de semana bem monocromático kckckckck.
    Parabéns pelo retorno!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse blog! Gosto dos homens limpinhos, vaidosos, e que sabem se cuidar na dose certa. Mas sem exageros. Cuidados básicos, pra mim,já estão no ponto, mais que isto..aiaiaiaiaiai...meu desejo iria para o espaço sideral.
    A indústria cosmética masculina está crescendo bastante. Hoje os homens se cuidam mais do que antigamente. O que eu considero muito legal, mas sem exageros...sem disputar com a mulher se a melhor marca de tinta para o cabelo é a francesa ou a italiana!!! E homem grisalho é tão chique!

    Bjokas
    Suely

    ResponderExcluir
  5. É claro que existem mulheres que curtem um metrossexual. Mas nem todas, digo a imensa maioria, suportam um cara que de repente aparece de cabelinho pintado, vive se depilando e passa horas e horas na frente do espelho se empetecando com tudo quanto é creme. Nunca espere encontrar um homem com "h" deprimido porque acabou de nascer uma espinha bem no meio do seu nariz. Não que ele não seja vaidoso, mas jamais irá estragar um dia ao seu lado por causa de algo tão insignificante. E antes que alguém ache que estou querendo dizer que para saber dar um trato tem que ser machão, sinto muito em dizer, mas elas preferem muito mais um homem de pegada, que sabe o quê e como fazer, do que um bonecão fake.

    ResponderExcluir
  6. Sou homem, heterossexual e, apesar de não ser metrossexual, não tenho nada contra isso. Motivo: Na minha opinião, o que está em jogo aqui não é o fato de se ter um homem que gosta de se arrumar ou não, e sim a visão que se tem dos "homens". Geralmente, o que se espera de um homem são coisas do tipo:: "seja forte", "não mostre suas emoções", "seja ambicioso", "seja durão", enfim, uma infinidade de outras coisas... Segundo pesquisas, a mulher vive, em média, 20 anos mais que os homens, e isso está relacionado ao fato de que a mulher "solta" muito mais suas emoções do que os homens.E aliás,quem não se lembra do tabu do brinquinho? Quem já não discriminou (ou viu discriminar) alguém pelo uso de brinco? E homens que gostam de poesia? Eu gosto muito de poesia (muito mesmo!) e também gosto de futebol (eu sei a diferença entre um volante e um meia...) e de mecânica de autos. Não há concorrência entre sexos, creio eu. Talvez haja falta de costume de ver alguém que gosta de si mesmo se cuidando... Mas concordo plenamente que isso exige bom senso.

    ResponderExcluir
  7. Tem um quê de melancólico no tiozinho sem noção. Quisera fosse só um cara de mau gosto. Mas pode ser a solidão visceral que tira o bom senso. Ninguém prá dizer que não é o cabelo, roupa, idade que vai te fazer amado/desejado/aceito.Que tem mais a ver com a pegada, como disse Jack. Química e naturalidade."Be yourself, no matter what they say".

    ResponderExcluir
  8. eudespiske17@hotmail.com3 de julho de 2009 23:41

    Adorei, menina como diz minha amiga, homem feio é que nem pantufa só ser para colocar os pés. Os gatões que me desculpem mas....Tem homem que não olha para o espelho com atenção.
    Amei, amei heheheheh.

    ResponderExcluir