quinta-feira, 7 de junho de 2012

Programas matinais na TV aberta... Tédio!



Num papinho informal  - de umas 12 horas seguidas - aqui com minha mana caetana no último fim de semana, a gente riu muito de umas coisas que vê nos programinhas matinais. Por força do tratamento e meio de molho, tenho visto bastante TV nos últimos tempos. Gente, mas o que é aquele "Hoje em Dia"? A coisa não vira!

Cris Flores tenta mesmo ser uma florzinha, no sentido literal. Mas mulé fada não me engana não, sabe? Aquilo tem um jeitinho de ser tinhosa de verdade. Passa mensagens subliminares em todos os seus comentários perfumadinhos. Bota a velhinha, feia e nanica sentada na cadeira pra receber tratamento facial e diz com a maior desfaçatez: - Ah, mas ficou linda!... Muito mais jovial! Na verdade, pensando lá com seus botões: - Nem passando todo o creminho do planeta será como eu, linda, alta, magra, fofa, televisiva! Mocréia!!!

Edu Guedes, preparando as receitinhas, dá nos nervos. Se bem que acho divertidas suas trapalhadas, às vezes. Repete, exaustivamente, a mesma ladainha em todo e qualquer preparado: - Isso é fácil, gostoso e barato. Mexidinha com a colher e lá vem: - Isso é fácil, gostoso e barato. Tira do fogo e não perdoa: - Isso é fácil, gostoso e barato. Só falta completar: - Prato perfeito pra você, telespectadora burra e pobre, muito diferente de mim, que sou riquinho e sei lá que raios tô fazendo aqui. 

Isso sem contar com a mais absoluta falta de conteúdo. Celso Zucatelli virou o gatão de meia idade. Caras, bocas e covinhas pra não dizer coisa com coisa e interagir com o público absolutamente nonsense que liga pra lá querendo ganhar uns trocos. Outro dia a pergunta foi quem o povo achava que participaria dessa edição de "A Fazenda" (outro "programão"). Penso que deve ser difícil conseguir participar, já que milhões de pessoas ligam. Mas a sem-nadinha-de-noção que conseguiu mandou: - Cléo Pires! Não merece continuar pobre o resto da vida? Caramba, a tal da Cléo Pires é contratada da Globo e nojenta até não poder mais. É difícil imaginar que ela jamais participaria de um treco desses? :-p

E a doida que parece uma metralhadora desembestada, falando sobre uma tal máquina fotográfica? Eutenhoumasupernovidadepravocêéatekpixcâmerafotográficafilmadorawebcamcomecealigaragoraeadquirajáasuatekpixsemcomprovaçãoderendafácilfácilbláblábláblá... E o mais incrível: sempre tem um "descontaço" (nossa, odeio quem bota "aço" no final das palavras!... cruzes!) pra quem ligar nos primeiros cinco minutos, sendo que esse apelo infernal aparece na programação o dia todo!!! E em diversos outros canais também. Aliás, é merchandising atrás de merchandising, um saco. Haja!

TV aberta totalmente sem opções pela manhã, nunca vi. Ana Maria Brega e o papagaio que me irrita (muitíssimo!); nem a ótima Regina Volpato salvou o desastre que é aquele programinha que existe só pra mulé do poderoso chefão ter o que fazer e por aí vai. Aff, aff, aff!

Uma tristeza só. Que saudade da Palmirinha Onofre e seus cameraman, minhas amiguinha!

7 comentários:

  1. HAHAHAHAHAHAHA...Bom, mas vamos falar do que interessa... Cogumelo do Sol...

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkk! Tenho vontade de matar esse japa entupido de cogumelo!

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. E não é?! Tsc. Um saco! E anunciam cada coisa tããão boooooa!... Aquela da "Plástica Natural", por exemplo, é de doer. E eu cheguei a comprar aquilo, acredita? Queria ver como era. kkkkkkkk! Aí o entregador, discretíssimo, apertou minha campainha e berrou no portão: "PLÁSTICA NATUUUUUUUURAL!!!" Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiu, seufiadaputadusinfernu!!! Aff!

      Excluir
  4. "...
    Tédio!
    Não tenho um programa
    Tédio!
    Esse é o meu drama
    ..."
    kkkkkk
    Matinal, vespertino ou noturno, tanto faz. TV aberta tá difícil em qualquer período. Guento não! Mesmo assim, outro dia me senti um ET quando duas pessoas do trabalho me perguntaram se eu tinha visto acontecimentos de alguns programas em determinado fim de semana (Gugu, Faustão e BBB), eu disse que não gostava de nenhum, por isso não assistia. Elas se entreolharam - num misto de incredulidade - e uma tascou: "Nossa como você é chata, não gosta de nada!" Simplesmente viraram e divertidamente trocaram figurinhas. E eu, que não tinha nenhuma, voltei ao trabalho. Quem manda ser alienada!

    ResponderExcluir
  5. Sil, já me aconteceu algo assim. Minha manicure, há um bom tempinho atrás, estava saltitante porque tinha visto o tal do Rio Negro (ou Solimões? Ou vice-versa...) e me contou entusiasmadíssima que o homem era leeeeeeeeeeennnnnndo de morrer. Quando eu disse que nem imaginava de quem ela estava falando, a mulher não apenas me olhou como se eu fosse um ET, como chegou mesmo a questionar: "Mas de que planeta você é???". Taí. Não é moleza ser uma alienada alienígena!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desse jeito vamos esfriar nossas relações. kkkkk

      Excluir