terça-feira, 30 de março de 2010

Mudando de casa. Saco!!!


Andam perguntando a razão do meu sumiço e explico: tô mudando de casa. E antes de desmontar também a parafernália eletrônica, resolvi dar um pulinho aqui e contar como andam as coisas pro meu lado. Tá cascudo, minha gente!... Que inferno é organizar uma mudança!

Confesso que nunca fui uma dona de casa exemplar. O preço disso é ter que dar rumo pra um montão de coisas que fui deixando pra depois. Minha mãe morreu e na correria pra esvaziar a casa em que morava, boa parte das coisas que eram dela vieram pra cá. Deixa quieto, depois eu vejo isso... Minha sogra, que morava bem em frente à minha casa, se mudou provisoriamente para a casa do outro filho, enquanto aguardava a compra do novo apartamento. Pra onde mandou as coisas dela? É... Pra cá, néééé?... Tudo bem, depois eu vejo isso... Papelada juntando, coisas novas se misturando às velhas, corre pra cá, corre pra lá e... Ai... Depois eu vejo isso!... Só que o maldito depois chegou! E é AGORA!

Cada armário que olho me dá agonia. Cada gaveta que abro parece uma cornucópia, nunca mais acaba de sair coisa. Comecei aplicadíssima, separando tudo direitinho, me livrando de uma porção de coisas que já não serviam mais. Pincéis atômicos e fitas adesivas de cores diferentes pra identificar as caixas, tudo devidamente setorizado, uma belezinha de olhar. Mas agora, depois de tanto sobre e desce, abre e fecha, tira daqui e põe ali, NUNGUENTOMAAAAAAIS!!!!! Minha pele tá pinicando! Meu cabelo ficou duro! E, grau extremo do flagelo feminino, MINHA UNHA QUEBROOOOOU!!!!! Quer saber? Vou encaixotar tudo sem escolher mais coisa nenhuma.

Não fosse só pela trabalheira danada, tem ainda o exercício do desapego. Dúvida cruel: me livro ou não das cartinhas que meu filho - agora com 25 anos - mandou ao papai-noel? Pô, olha só se dá coragem (principalmente considerando a objetividade das cartinhas, como esta, por exemplo, onde o pequeno traste não teve a manha nem de fazer de conta que foi bonzinho):


Ah, não tô nem aí... A tralhinha sentimental vai também, pronto e acabou.

Então, é isso... Pelos próximos dias continuarei nessa desgraceira que é desmontar tudo aqui pra ter que montar de novo ali, então vai demorar um tantinho pra que eu venha com novidades. Prometo resistir bravamente e sobreviver, apesar de já ter levado três tombaços na Suki, minha rottweiler superlegal, que insiste em relaxar seu corpinho de 50 quilos onde está escuro e bem no meio do caminho. Hoje mesmo o cara que entrega pizza foi um gentleman ao segurar a risada quando cheguei ao portão rolando depois de topar com a maleta canina.

Olha, vou contar um negocinho, não tá nada fácil. E como se não fosse suficiente ficar toda estrupiada de tanto encaixotar coisas e levar tombo, ainda tô com o coração na goela. Acredita que pra espairecer meu japa resolveu matar pernilongo à base de raquetada elétrica bem aqui do meu ladinho? Ziiiiiiip... Bbrrzzzzz!... Caraca, que susto! E que nooooojo! Concentração zero, não dá não.

Bom, então logo logo tô de volta, com um post novinho, feito no meu novo lar-doce-lar. Não desistam de mim, tá?

Inté!

21 comentários:

  1. Caríssima Tania,

    Sei o que é isso... Passei por esse "perrengue" nos ultimos 03 meses. Mudança de casa,cidade... Enfim, tudo novo. Sinto-me contemplado com tua narrativa. Estou retornando ao universo blogueiro somente agora,e portanto sequer vim buscar um selo que me enviaste. Só que o procurei agora e não estou achando o danado. Um beijo e espero que o processo de acomodação final em teu novo espaço estela a contento...

    ResponderExcluir
  2. Oi Marcos!

    Felizmente minha mudança será menos radical que a sua... Fico até no mesmo bairro!

    O selo está na postagem de 23 de fevereiro, tá? Indiquei com bastante honestidade, seu blog é ótimo. Que bom que está de volta!

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  3. Oi Tânia

    Eu ainda nunca fiz nenhuma mudança, mas imagino que deve dar uma caseira danada.
    Boa sorte na sua mudança e Felicidades!

    ResponderExcluir
  4. É assim: se quiser minha ajuda pode pedir. Eu vou 1 (um) único dia para ajudar a encaixotar ou limpar. Pode contar comigo desde que não seja no dia da mudança. Daí acaba nossa amizade de 135 anos. Tá entendido? Pode chamar de falsa, mesquinha, o k... a quatro. Sou mesmo quando se trata de mudança de casa. Não gosto de trabalho pesado, carregar caixas, móveis, cds, livros, panelas, roupas, enfeites, cadeiras, caixas, panelas, cds, livros, móveis, enfeites, cachorro, computador, livros,roupas, poltrona, revistas, ovos de páscoa...bom... ovos de páscoa eu carrego...

    ResponderExcluir
  5. Minha amiga, como a gente vai juntando tralha de decorrer da vida e nem percebe. Eu já passei por isso. Quando fui mudar quase morri. Tinha até xerox de faculdade que eu já não vou a 30 anos e que nunca peguei depois que formei, relógios que não funcionavam tinham 4, cartas de alunos, milhões delas etc, etc,etc. Muita coisa criei coragem e joguei fora, outras guardei pois posso precisar um dia (nunca precisa) rsrsrs
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Então, Lindalva...

    Vou mesmo precisar de muuuuita sorte. O babado tá terrível, precisa ver! O pior é que já sei que essa será a primeira mudança do ano. Porque em dezembro está prevista nossa ida para a casa que está em fase final de construção. Será que sobrevivo até lá? Mistério!

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  7. Puxa Rose, que L-E-G-A-L!

    Posso te chamar só num único dia, né? SÓ UM. Bom, então deixa ver aqui...

    Hum... Não pode ser no dia da mudança...

    E você não gosta de trabalho pesado...

    Carregar caixas, móveis, cds, livros, panelas, roupas, enfeites, cadeiras, cachorro, computador, livros, roupas, poltrona, revistas, nada disso é com você, né?...

    Ah, ovo de Páscoa você carrega!...

    Booom... Então deixa ver aqui como é que você poderá me ajudar...

    Que tal INDO SE CATAR?

    Fala sério, minha filha!... kkkkkkkkk!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Sabe, Wanderley...

    Acho até que você encontrou coisinhas recentes na hora da sua mudança. Por aqui cheguei a encontrar desenhos que fiz quando estava na quinta série. Tem noção do que estou dizendo? Quinta série, meu amigo! Período paleozóico! kkkkkkk!!!!

    Minha organização é tamanha, que outro dia levei um susto. Ao tentar arrumar minha bolsa, encontrei 24 batons, dá pra acreditar? Mas é verdade verdadeira!

    Por aí você já faz uma ligeira ideia de como a coisa tá feia pro meu lado. É ou não é? kkkkkkkkk!!!

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  9. oiie!
    também obrigado pela visita, fique a vontade pra voltar sempre xd

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Mudar é por um lado ruim, mas por outro bom,,,em todos os sentidos da vida,,,tanto geografico quanto da propria existencia,,,,uma renovação, novos ares, novos sorrisos é sempre bom,,,e nesse meio tempo, a gente tambem vai se desfazendo de tudo que guardou pela vida e que nao tem mais valor.....beijos de lindo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  11. que delícia isto ... e olha que ela está a mil envolvida com mudança e raquetadas ... kkkkkkkkkk ... mudar é um saco mesmo mas alegria do novo depois compensa ... adoro ... mas gostei mesmo foi do traste que nem pra dissimular servia ... kkkkkkkkkk ... fico aqui a imaginar como a raquete tinha outras utilidades naquele tempo ... kkkkkkkkkk

    bjux querida

    adoro isto aqui

    ;-)

    ResponderExcluir
  12. hahaha essa cartinha é tudo hein

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Mudança é uma coisa estressante mesmo. E quando a gente desmonta um móvel e não há meio de encaixar as peças direito depois? Que sufoco!

    ResponderExcluir
  14. Vc ta preparada pra cartinha deste ano? Vou pedir um jetsky!!! E espero que vc ja tenha comprado meu ovo de pascoa!!! Ha ha ha...

    ResponderExcluir
  15. Oi Tânia,

    Noossa! e eu aqui sofrendo... mas não tem comparação com o seu sofrimento - é claro! Estava separando uns livros e revistas para doação e aí a dúvida cruel "esse livro de Lua...ela tinha uma letra tão fofinha... sei não..." ufa! que exercício de desapego. Estou olhando para 8 caixas e desesperada que venham logo buscar, antes que eu desista de doar, principalmente os livros de Lua! rsrsrs
    Assim é a vida, quando precisamos mudar, não só de casa como às vezes somente rearrumar um armário, percebemos como acumulamos coisas, e o mais terrível: coisas de todos os tipos!
    Aqui em casa tem um porão, hoje (O.o) estive lá, por causa das revistas, sabe? pois é...lá tem coisa do arco da velha, literalmente!
    Bom, boa sorte na sua mudança, que tudo dê certo e fico esperando seu retorno.
    Beijos e felicidade!! :)

    ResponderExcluir
  16. Menina sei bem o que é isso, boa sooorte na nova fase e nova casa.Bjs

    ResponderExcluir
  17. Apesar de reconhecer que as mudanças são cansativas e um tanto desnorteantes, elas me excitam. Mudar significa movimentar-se, encarar o novo, renovar. E a vida sem isso, convenhamos, não é boa. Feliz mudança para você. E votos de que sejam muito felizes na casa nova!

    Beijinho e boa noite.

    ResponderExcluir
  18. Oi Tania querida, mudança cansa né amiga? Mas nada como estar de casa nova, casa nova vida nova.
    Beijinhos pra você!!!!!!!

    ResponderExcluir
  19. Olá, Tânia!!! Cheguei... (risos)
    Entendo muito bem sobre mudanças, passei por várias - desde mudar de cidades até de moradias - e ainda passarei por mais uma, para a minha própria casa com toda certeza. Aluguel mata! De todas as mudanças aprendi desde cedo que é preciso se livrar de coisas do passado, sobram algumas coisas que por mais que desejamos nos livrar vem junto - recordações sentimentais, digamos assim. Adorei esta postagem! Beijos graciosos*

    Graciele.

    ResponderExcluir
  20. Peguei pesado na minha postagem. Venho cá me redimir. Ofereço DOIS dias prá te ajudar. Tem que se 2a., 4a. ou 6a., pode ser o dia todo. Afinal depois que se muda sempre tem um monte de coisas prá arrumar também. Se bem que...você nem vai desarrumar muita coisa né? Vai mudar de novo logo logo. Bom, sei que terei oportunidade de mostrar que não sou 100% filhadaputa, ou não? Esse "textículo" me deixou com saudades do Andrezinho. Ouvi aquela vozinha pentelha quando li.
    bjinho

    ResponderExcluir
  21. Eu tinha um comentário ótimo e construtivo. Porém,
    [Pausa para encher o 'ódio' de 'coração'?]

    Como é que você é capaz de jogar um desenho da 5ª série fora e não postar no blog ?

    Ah ... Vá para um lugar de nome feio, tomar suco daquela fruta de nome estranho que tem gosto de Kiwi e não é Kiwi !

    ResponderExcluir